Início > Uncategorized > Internet Information Services 7.0 (IIS7) – Modelo de configuração distribuída

Internet Information Services 7.0 (IIS7) – Modelo de configuração distribuída

 
Continuando nosso assunto sobre o IIS 7…
 
As mudanças estruturais do IIS7 se unem para criar um sistema de aplicativos da Web muito flexível. A possibilidade de acessar a configuração do IIS tanto por meio de uma interface GUI quanto pela ferramenta appcmd.exe da linha de comando fornece ferramentas eficientes para os administradores sem experiência do servidor da Web com habilidades básicas e para os administradores mais avançados que gerenciam vários servidores usando ferramentas de script
 
 
O IIS7 introduz grandes aprimoramentos no armazenamento e no acesso aos dados de configuração. Um dos principais objetivos da versão IIS7 é permitir a configuração distribuída das configurações do IIS, fazendo com que os administradores especifiquem as definições da configuração do IIS nos arquivos que são armazenados com o código e o conteúdo.

A configuração distribuída permite que os administradores especifiquem as definições da configuração de sites ou aplicativos da Web no mesmo diretório de armazenamento do código ou do conteúdo. Especificando essas definições em um único arquivo, os administradores podem delegar, via configuração distribuída, recursos de administração do site selecionado ou aplicativos da Web a outros. Por exemplo, um site poderia ser delegado para que o desenvolvedor do aplicativo pudesse configurar o documento padrão usado para esse site. Os administradores também podem bloquear configurações específicas que não podem ser alteradas por mais ninguém. Esse recurso pode ser usado para assegurar que uma diretiva de segurança, que impede a execução do script, não seja substituída por um desenvolvedor de conteúdo ao qual foi delegado acesso administrativo ao site. Usando a configuração distribuída, as configurações de um site ou aplicativo específico podem ser copiadas de um computador para outro à medida que o aplicativo passa do desenvolvimento para o teste e, por fim, para a produção.

 
Ferramentas de gerenciamento aprimoradas

O novo utilitário de administração do IIS7, o IIS Manager, é uma ferramenta mais eficiente para gerenciar o servidor da Web. Esse utilitário oferece suporte para as definições de configuração do IIS e do ASP.NET, os dados do usuário e as informações de diagnóstico do runtime. A nova interface de usuário também permite que os usuários que hospedam ou administram sites da Web deleguem controle administrativo aos desenvolvedores ou proprietários de conteúdo, reduzindo, assim, o custo de propriedade e o fardo administrativo para o administrador. A nova interface do IIS Manager admite a administração remota em HTTP, permitindo a administração integrada local, remota ou mesmo via Internet, sem exigir que a DCOM ou outras portas administrativas sejam abertas no firewall.

Uma nova ferramenta de linha de comando, a appcmd.exe, também está incluída para gerenciar e administrar servidores, sites e aplicativos da Web. A interface da linha de comando simplifica tarefas comuns de gerenciamento do servidor da Web para os administradores. Por exemplo, a appcmd.exe poderia ser usada para listar as solicitações do servidor da Web que tiveram que aguardar por mais de 500 milissegundos. Essas informações poderiam ser usadas para solucionar problemas dos aplicativos que estão com um desempenho ruim. A saída da appcmd.exe pode ser enviada por pipe para outros comandos para um processamento adicional.

Diagnóstico e solução de problemas
Um dos recursos mais importantes que ajuda a melhorar o suporte de solução de problemas do IIS7 é o RSCA (Runtime Status and Control API), desenvolvido para fornecer informações detalhadas de runtime sobre o servidor dos níveis mais profundos do IIS7. Com o RSCA, é possível inspecionar e gerenciar várias entidades, inclusive sites, pools de aplicativos e domínios de aplicativo.NET. O RSCA também detecta, em tempo real, as solicitações atualmente em execução no servidor. Os dados do RSCA estão disponíveis no provedor de WMI e na API gerenciada (Microsoft.Web.Administration). A interface de usuário administrativa do IIS 7 e a ferramenta da linha de comando também revelam esses dados para os administradores.

Categorias:Uncategorized
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: